quarta-feira, 4 de março de 2009

Central Scrutinizer (continuação - começar abaixo)

Como político, procurou através das músicas transmitir algumas idéias que deveriam ser mais explicadas nas entrevistas que dava. Percebeu, por um lado, o perigo da contracultura como uma forma de alienação, por não encarar de frente os problemas da sociedade moderna capitalista, e ficar só se escondendo atrás do sexo, drogas e rock’n roll: ou seja, o lado apolítico da contracultura. E por outro, a burrice da sociedade americana do seu tempo (e provavelmente de todos os tempos), os tabus conservadores, a falta de consciência política dos seus compatriotas. Xingou bastante, é verdade. E não disse o que deveria ser feito, embora tenha se candidatado à presidência dos EUA. Mas não fazia parte do seu projeto dizer o que fazer, mas o que não fazer. Talvez seja uma tarefa mais fácil, mas com certeza exige uma consciência não tão comum assim a todos.

E era um escroto, verdade seja diga. Mas era engraçado, como um picariano. E como artista, de uma enorme competência técnica e criativa. Podem então não gostar, gande parte das pessoas. Mas que o Francesco Zappa era bom, isso era. E ainda é.

4 comentários:

Djaysel disse...

Muito bom!!! admito que não sabia disso em relação a política e muito menos ao Sargeant Peppers... mas um bando de garotos vindos de Liverpool era mais interessante pra mídia da época do que um revolucionário... e vamos ser sinceros: feio pacas!!! hehehehe
quero saber mais... na espreita do blog... sempre... se cuide cumpadi... até breve

Anônimo disse...

espero q as pessoas entendam seu humor e seu sarcasmo, como em "c.v.C.V." ehehhee e tb espero q n achem q vc vê o jornal nacional (vc vê?!)
qto ao frankinho, acho q acertei no presente com aquele livro sobre ele - mesmo eu tendo criticado o zappa em algumas coisas (vc ter dito q achava q o livro seria ruim faz um contrapeso a minhas críticas heheh)
mas, vc sabe q eu adoro o frank zappa, principalmente pelo muffin man e pela goblin girl \^^/

poli disse...

ops, esqueci de assinar, o comentário acima é meu ahuhauah

Lusca disse...

Poli,
meu humor e meu sarcasmo serão entendidos pelos q merecem (eita, essa foi elitista! cade meu exemplar do manisfesto? preciso descontaminar!)
qnto ao livro, não poderia ser presente melhor (na verdade poderia, mas acho q vc nao tem dinheiro p um playstaion 3, né? ^^"")
brigado, e te amo! =****