sexta-feira, 6 de março de 2009

Um Pequeno Conto Kafkaniano

Noite chuvosa num sábado de uma das capitais de uma das maiores potências (segundo dizem) da América Latina: um ônibus cruza uma das maiores avenidas deste mesmo continente, a toda velocidade, não se importando com as ruas molhadas. Neste ônibus está um K. (de Klêidisson) qualquer escutando tranquilamente músicas em seu mp3 player, sem se importar muito com o que acontece ao ser redor. De repente sobe no ônibus, pela porta de trás, um mulatinho de uns 8 ou nove anos, usando boné, uma blusa de mangas compridas, bermuda e chinelo de dedo. Agitado, vai até a parte da frente do ônibus e começa a entregar aos passageiros uns papeizinhos com os seguintes dizeres: “Meus pais estão desempregados, preciso de ajuda para comprar leite e alimentos para meus irmão menores. Qualquer coisa que puder me dar serve. Obrigado(a)”. Após jogar no colo de todos os passageiros tais papeizinhos, volta para a frente do ônibus e começa a recolhê-los junto com as poucas contribuições. K. observa como alguns passageiros dão apenas algumas poucas moedas, como outros entregam o papelzinho de volta sem nem olhar para o menino, e como o próprio menino recolhe-os sem nem olhar direito para o passageiro, como é o caso de K. Quando termina a colheita, puxa a corda e desce para a noite que espera lá fora com sua chuva forte encharcando ate os ossos. Após presenciar tal cena terrível, K. reflete:
“Será que eu chego a tempo de ver o jogo do Brasil?”

8 comentários:

Rerlyn disse...

Porra....Foi profundo...rs!!!
Mas,sério, mesmo com toda a "comicidade" reflete a mente alheia dos K's da vida...E consequentemente, da realidade. Parabéns bixinho.Tua escrita é maravilhosa...

Lusca disse...

Rerlyn,
estamos naquele nível de profundidade, como diria um crítico, "de uma piscina inflável"; mas a intenção não é bem sair dessa. só queria dar um tom jocoso às idéias de kafka... e à literatura em geral. =)

Lusca disse...

Rerlyn,
se tá buscando profundidade, óia aqui:
http://picarianismo.blogspot.com/
hauhuahauhaua!!

poli disse...

bubuz, eu vou ler ainda, tou só comentando que vou ler ahuahuahua logo após a semana dos fichamentos terminar ^^ continua escrevendo q eu tenho certeza de q tá mto bom =)bjo!!

poli disse...

ah, lu, eu li agora! na verdade eu já tinha lido esse antes hehehe ^^
eu gosto mto dele, é uma dos meus preferidos

Lusca disse...

Poli,
huahauhauahu, vc já tinha lido? tenho q produzir coisa nova, não quero desapontar meus fãs!=D

Odh disse...

Rapaz, dá pra esse muleque o livro do Guten Noblin!Porra de jogo!Só Guten Noblin salva!!!

P.s.: A maior frustração de Kafka é que ele não conseguiu conceber algo tipo o Guten Noblin...heheheheheh!!!!

Lusca disse...

Oz,
Kafka até que tentou, mas o problema é que ele nao tinha senso de humor! hauhauahuaah